Home
Serviços
Patologias Atendidas
Convênios Médicos
Supervisão
Tire Suas Dúvidas
Processamento Auditivo Central
Fonoaudiologia
Fonoaudiologia e Prevenção
Saúde do Trabalhador
Artigos
Publicações
Localização
 
 
 
 
 
 
 

9 de Dezembro

Dia do Fonoaudiólogo

 

 Em 9 de dezembro comemora-se o dia do fonoaudiólogo. Nesse dia, no ano de 1.981, a profissão foi regulamentada através da lei n. 6965.

 

  A fonoaudiologia trata dos distúrbios que afetam a comunicação humana e atua também no diagnóstico complementar nas diversas áreas como audiologia, linguagem, voz e motricidade orofacial.

 

  É extensa a área de atuação do fonoaudiólogo e pode-se dizer que desde o neonato até a 4ª. Idade a fonoaudiologia realiza trabalhos de prevenção, diagnóstico e reabilitação. Os locais onde o fonoaudiólogo desenvolve seu trabalho são: consultórios, clínicas, hospitais, postos de saúde, escolas, empresas, instituições especializadas, teatros, TVs, call centers, além, também de home care, atendendo a domicílio pacientes acamados.

 

  O campo da audiologia abrange a realização de exames de audição (audiometria e imitanciometria), exames otoneurológicos (diagnóstico das labirintopatias), emissões otoacústicas (teste da orelhinha), exame de processamento auditivo central (auxiliar no diagnóstico dos distúrbios de aprendizagem e de atenção), indicação e ajustes de aparelhos auditivos, reabilitação labiríntica, entre outros.

 

  Na área da voz, o profissional atua no aprimoramento do uso da voz adequando padrões vocais, respiração, articulação e higiene vocal. A terapia vocal auxilia na melhora da qualidade da voz e é indicada sempre que há voz rouca e/ou presença de alterações nas pregas vogais. A terapia fonoaudiológica auxilia no desenvolvimento de padrões vocais corretos em casos de cantores, atores, advogados, professores e outros profissionais que fazem uso da voz com frequência, prevenindo futuros problemas.

 

  Na área da linguagem o fonoaudiólogo atua tratando de alterações e atrasos no desenvolvimento da fala e linguagem, qualquer que seja a causa (por deficiências, problemas emocionais ou psicológicos e neurológicos). A reabilitação engloba a orientação a pais e professores, o trabalho terapêutico e a interação com outros especialistas que acompanhem o paciente, visando o desenvolvimento pleno do mesmo.

 

  O campo de atuação de motricidade orofacial concentra-se na musculatura da face, boca e língua. O fonoaudiólogo auxilia na adequação da sucção, mastigação, deglutição, respiração e fala. Nos casos em que há alterações nesses aspectos a mioterapia fortalece a musculatura e propicia o desenvolvimento de padrões corretos no mastigar, engolir e respirar.

 

  Inúmeras patologias são atendidas pelo fonoaudiólogo desde atrasos simples no desenvolvimento da linguagem, gagueira, afasias (alterações na fala por derrames, por exemplo), troca de letras na escrita, dificuldade de aprender a ler e escrever, dificuldade para falar em público, respiração bucal, rouquidão, disfagias (dificuldade em engolir), etc. Em hospitais, a atuação em UTIs (unidades de terapia intensiva) tem sido cada vez mais frequente, tanto em UTIs neonatais (auxiliando em dificuldades de sucção e início das mamadas em prematuros) como em adultos e idosos auxiliando em dificuldades de deglutição.   Em todas essas e em outras mais, a fonoaudiologia propicia a melhora, a correção e a adequação dos padrões de comunicação, objetivando sempre o desenvolvimento integral do indivíduo.

 

Publicado em 30/11/2014

 
 

Perguntas mais frequentes dos pacientes

Supervisão Atendimento a profissionais da área

PAC Processamento Auditivo Central

 

Contato

Fone: (11) 3699-2049

Fone/Fax: (11) 3682-5040

E-mail: fonoaudiolu@uol.com.br

 

©Fonoaudiolu 2006/2017  Política de Privacidade   E-mail: fonoaudiolu@uol.com.br